MERCADO IMOBILIÁRIO: AS EXPECTATIVAS PARA 2022

MERCADO IMOBILIÁRIO: AS EXPECTATIVAS PARA 2022

RESUMO

Mesmo com a pandemia, o mercado imobiliário surpreendeu ao permanecer em crescimento no ano de 2021 com grande procura e juros mais baixos. As expectativas para esse ano são positivas e otimistas para o segmento, que deve permanecer em crescimento. O que esperar para o mercado imobiliário em 2022? Abaixo tem alguns fatores para observar […]


CONFIRA A MATÉRIA COMPLETA ABAIXO

Mesmo com a pandemia, o mercado imobiliário surpreendeu ao permanecer em crescimento no ano de 2021 com grande procura e juros mais baixos. As expectativas para esse ano são positivas e otimistas para o segmento, que deve permanecer em crescimento.

O que esperar para o mercado imobiliário em 2022?

Abaixo tem alguns fatores para observar em 2022 e permanecer atento às tendências no mercado imobiliário.

A tecnologia como facilitadora para clientes

As pessoas buscam alternativas fáceis e práticas no dia a dia o tempo todo. Isso também se mostrou no segmento imobiliário no ano de 2021, tanto locação quanto venda, e deve permanecer no ano de 2022.

Empresas desse ramo, que investem em aplicativos, assinaturas digitais, demonstração do imóvel em 360º, ou seja, que desburocratizam processos por meio de alternativas online, constroem uma presença positiva no processo de compra do consumidor. Isso vale do início ao fechamento do contrato. 

Espaços mais confortáveis com áreas de lazer

A pandemia fez crescer o número de profissionais que trabalham em casa. Com isso, ambientes mais confortáveis, espaçosos e com áreas de lazer, tornaram-se um atrativo no momento de escolha dos imóveis. 

Passar a maior parte do tempo em casa, fez com que as pessoas buscassem áreas de distração, mesmo que em seu próprio lar.

Taxas e Oportunidades

Com o aumento da taxa de juros para 2022, os compradores buscam uma oportunidade ideal para comprar um novo imóvel ou até mesmo alugar. Por isso, os proprietários, as administradoras de imóveis, as incorporadoras e demais, terão que adequar financeiramente seus imóveis para que não fiquem parados, oferecendo um diferencial na proposta.